Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Na nuvem do acaso

Quase nada de um pouco de tudo.



Domingo, 05.01.14

Genealogias de Jesus

A genealogia é uma ciência auxiliar da história que estuda a origem, evolução e disseminação das famílias e respectivos sobrenomes ou apelidos. A definição mais abrangente é "estudo do parentesco".(...). É também conhecida como "ciência da história da família" pois tem como objetivo desvendar as origens das pessoas e famílias por intermédio do levantamento sistemático de seus antepassados (...). Tal levantamento pode ser estendido aos descendentes como aos ascendentes de uma determinada figura histórica sendo muitas vezes difícil classificar os nomes de família por causa das mudanças de ortografia e pronúncia com o passar do tempo (...).”.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Genealogia

Após Arius (anos 300 d.C) a genealogia de Jesus resumiu-se a:

Deus »» Jesus.

Arius defendia a seguinte doutrina da Cristologia:

Que o Logos e o Pai não eram da mesma essência.

Que o Filho era uma criação do Pai.

Que houve um tempo em que o Filho (ainda) não existia.

Arius foi um celebrado professor do cristianismo e um mártir da sua fé e (...) parece ter sido um homem de um caráter ascético, de moral pura e de convicções.

Em 318 houve uma discussão entre o bispo Alexandre de Alexandria e Arius. Num Concílio que Alexandre convocou de seguida, Arius foi condenado. Arius tinha no entanto numerosos apoiantes e a disputa espalhou-se desde Alexandria por todo o Oriente.

Para restabelecer a união entre os cristãos, o Imperador Constantino convocou o primeiro concílio de Niceia em 325, onde a doutrina de Arius acabou por ser condenada como herética (pode dizer-se que nesse concílio Jesus passou a ser Deus).

Arius foi expulso mas em 335 seria reabilitado. Alguns povos (nomeadamente os germanos, por exemplo os que invadiram a Península Ibérica) seguiram a doutrina de Arius até ao sec.VII (o Arianismo).

Vide http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81rio

Antes de Arius (os cristãos primitivos) e depois dele (Maomé), as genealogias de Jesus, Yeshua ou Isa são as seguintes, segundo os evangelhos de Mateus e de Lucas e o Alcorão:

Evangelho segundo Mateus

Abraão »» Isaque »»  Jacó * »» Judá »» Farés »» Esrom »» Arão »» Aminadabe »»Naassom »» Salmom »» Booz »» Obede »» Jessé »» David »» Salomão »» Roboão »» Abias »» Asafe »» Josafá »» Jorão »» Ozias »» Joatão »» Acaz »» Ezequias »» Manassés »»Amom »» Josias (deportação para a Babilónia) »» Jeconias »» Salatiel »» Zorobabel »» Abiúde »» Eliaquim »» Azor »» Sadoque »» Aquim »» Eliúde »» Eleazar »» Matã »» Jacó»» José »» JESUS.

(“De sorte que todas as gerações desde Abraão até David, são quatorze gerações; e desde David até à deportação para a Babilónia , quatorze gerações; e desde a deportação para a Babilónia até Cristo, quatorze gerações. “ I – 17”).

Genealogia ingénua nos campos da fé e do amor.De facto, segundo ela Jesus, o Messias, seria descendente de Thamar, nora de Juda e que dele teve enganosamente um filho Pharez... de Rachab, mãe de Booz, prostituta da cidade de Jericó que traíu os hebreus no cerco deles a Jericó...de Ruth, mulher de Booz e pagã...de Betsabé a amante de Salomão, mulher adúltera de Urias. Um rei poderia ter tais avós, mas o Messias e filho de Deus?

Evangelho segundo Lucas

Adão »» Sete »» Enos »» Cainã »» Maleleel »» Jarede »» Enoque »» Matusalá »» Lameque »» Noé »» Sem »» Arfaxade »» Cainã »» Salá »» Eber »» Faleque »» Ragaú »» Seruque »» Naor »» Tará »» Abraão »» Isaque »» Jacó* »» Judá »» Farés »» David »» Natã »» Matatá »» Mená »» Meleá »» Eliaquim »» Jonã »» José »» Judá »» Simeão »» Levi »» Matate »» Jorim »» Eliezer »» Jesus »» Er »» Elmodã »» Cosão »» Adi »» Melqui »» Neri »» Salatiel »» Zorobabel »» Resa »» Joanã »» Jodá »» Joseque »» Semei »» Matatias »» Esrom »» Arni »» Admim »» Aminadabe »» Naassom »» Salá »» Booz »» Jobede »» Jessé »» Maate »» Nagai »» Esli »» Naum »» Amós »» Matatias »» José »» Janai »» Melqui »» Levi »» Matate »» Eli »» José »» JESUS.

(III – 23 a 38).

* De cujas mulheres ( Leah, Zilpah, Rachel, Bilhah   ) descendem os fundadores das 12 tribos de Israel.

Alcorão

 

David »» Rahba am »» Iyam »» Eisha »» Yahfashat »» Yazem »» Ahrihu »» Yamish »»Amisa »» Azazia »» Mutham »» Ahriq »» Hosquia »» Misha »» Amun »» Bashim »» Imran ( casado com Hannah ) »» Maria »» JESUS .

(Nasceu à sombra de uma palmeira, perto de Nazareth e começou logo a falar).

O Alcorão tem para Jesus (Isa) o maior número de títulos importantes do que para qualquer outra figura. Citem-se algumas referências nele constantes: - Profeta cuja mensagem os judeus rejeitaram; - Mensageiro de Deus; -Nasceu milagrosamente de uma virgem; - Foi criado como Adão mas este foi criado de baixo, apenas da poeira, ao passo que Jesus é celestial por ter sido criado pela Palavra de Deus. Jesus viveu na terra sem falhas mas Adão desobedeceu a Deus; - Jesus foi levado ao céu por Deus e vai regressar.

Ref: : http://www.ibnzura.com/quran.php?lang=pt

Interessante notar-se que para os primitivos cristãos (judeus) a apropriada linhagem de Jesus, para efeitos do que constava nas Escrituras (nomeadamente, o Messias ser descendente de David e nascido em Belém), vem do pai, José (e não da mãe, natureza essencial para se ser judeu) enquanto que o profeta Maomé (inimigo dos ídolos, ícones e imagens santas) considera, e bem, Nazareth (e não erradamente Belém) como local do seu nascimento e a sua linhagem vinda da sua mãe, Maria.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por alea às 17:26



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Links

Blog

  • www.metralhada.blogspot.com